Microsoft aposenta Windows XP e Office 2003; usuários terão que atualizar PC

Usuários que não modernizarem sistema operacional podem correr riscos

XP

Publicado em 8 de abril de 2014 / Arquitetura da Informação, Tecnologia da Informação

Treze anos depois de seu lançamento, o Windows XP – que já foi o sistema operacional mais popular do mundo – deixará de ser atualizado pela Microsoft.

Na prática, isso significa que ele ficará cada vez mais datado e exposto a vírus e malwares.

A tendência é que desenvolvedores também o abandonem gradualmente e deixem de lançar novos programas para a versão.

O anúncio do fim do suporte foi feito em 2007, mas o sistema ainda resiste em cerca de 18,6% dos computadores de desktop do mundo, segundo dados da StatCounter.

É recomendável trocá-lo por um sistema atualizado – seja o Windows 8.1, sua versão mais nova, seja um concorrente como o Ubuntu, distribuição Linux gratuita e de interface amigável.

Uma licença do Windows 8.1 custa R$ 410 e pode ser adquirida no site da Microsoft

atualização de xp

Perguntas importantes:

Meu computador com o Windows XP vai parar de funcionar?
Não. O computador vai continuar funcionando, assim como os programas já instalados nele.

Por que trocar?
Segurança – Sem atualizações de segurança periódicas, o sistema vai ficar vulnerável a qualquer brecha de segurança que seja descoberta.

Energia – Segunda a própria Microdoft, o Windows XP consome 5 vezes mais ernergia do que o Windows 8.

Novos programas – A tendência é que os desenvolvedores também comecem a “abandonar” o XP e que as novas versões dos programas não sejam compatíveis com o sistema.

Se decidir não trocar de sistema…
Verifique quais dos programas que você usa continuarão oferecendo suporte para Windows XP; remova todos os outros.
Use apenas programas de empresas conhecidas e confiáveis – softwares de desenvolvedores menores costumam ter mais falhas na segurança.
Deixe o antivírus atualizado – até agora, a maioria dos desenvolvedores de solução de segurança disseram que continuarão oferecendo suporte ao XP.

Fonte: Site Jornal Folha de São Paulo



0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Postagens relacionadas