Tendências de consumo web 2.0 em 2013

Que a internet tem se tornado cada vez mais um mercado lucrativo, é um fato. Tendências como o e-commerce já se tornaram uma realidade nas transações B2C. A cada ano o número de pessoas conectadas à rede cresce sensivelmente e, apesar de algumas resistências e conservadorismos, este novo modelo comportamental, tem mudado e moldado, o […]


Publicado em 10 de abril de 2013 / E-commerce / Comércio Eletrônico, News

Que a internet tem se tornado cada vez mais um mercado lucrativo, é um fato. Tendências como o e-commerce já se tornaram uma realidade nas transações B2C. A cada ano o número de pessoas conectadas à rede cresce sensivelmente e, apesar de algumas resistências e conservadorismos, este novo modelo comportamental, tem mudado e moldado, o perfil de empresas e consumidores.

Especialistas na área de marketing e comunicação digital, são enfáticos em afirmar que as empresas precisam enxergar a internet como um meio rico de possibilidades para o desenvolvimento de estratégias de vendas através da comunicação.

No início do ano a TrendWatching, agência de mensuração de tendências B2C, apresentou uma pesquisa apontado as principais tendências de consumo para 2013. Alavancados pela rápida evolução tecnológica, os movimentos indicam para uma participação cada vez maior dos consumidores na construção das marcas. Entre os temas listados pela consultoria estão o crescimento expressivo nas políticas de crowdfunding, com os clientes dando suporte financeiro para novos produtos e serviços, e a forte presença das plataformas mobile em todos os momentos do consumo.


Veja algumas dessas tendências

  • Presumer e custowners
  • Participação mais expressiva do crowdfunding, o modelo de financiamento mútuo, colaborativo, onde pessoas contribuem nos projetos que as interessa. Os consumidores vão abraçar ainda mais formas de participar do financiamento e (pré) lançamento de novos produtos e marcas;

  • Mobile Moments
  • As pessoas passarão cada vez mais tempo conectadas via dispositivos mobile. De acordo com a TrendWatching, os consumidores usarão os seus smartphones e aparelhos celulares em todos os momentos. Para aproveitar esta tendência, as empresas devem apostar em produtos, serviços e experiências que permitam aos consumidores amantes da mobilidade a adotarem naturalmente esse novo estilo de vida;

  • Full Frontal
  • Transparência é a palavra de ordem. As marcas não podem ter nada a esconder, as empresas de todos os setores serão cada vez mais pressionadas a mostrar de forma proativa que estão dentro das normas legais e éticas. Um dos casos mais emblemáticos para ilustrar esta tendência é que o McDonald’s começou a divulgar informações calóricas de seus lanches nos menus dos seus restaurantes e nas janelas dos drive-thru no Brasil e nos EUA .

  • Data Myning
  • Os dados disponibilizados na web não serão estratégicos apenas para as marcas. Os consumidores também farão o caminho inverso, obtendo maior controle e fazendo melhor uso dos seus próprios dados. Este indivíduo dará preferência por marcas que usem esta informação proativamente para oferecer benefícios reais para o seu estilo de vida ou economia de dinheiro.

  • New Life Inside

Ainda de acordo com a TrendWatching, o consumidor será cada vez mais exigente em relação a produtos e serviços sustentáveis, indo além do conceito de reciclagem. A ideia é que as empresas criem itens que possam ser adaptados e reutilizados em outros momentos e com novas funções. Por isso o nome New Life Inside, pois os produtos, além de sua função principal, ganharão uma nova “vida” com outra função, evitando o descarte.



0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Postagens relacionadas