Twitter já afeta bilheterias nos EUA

O público começa a soltar a voz no Twitter com curtas opiniões sobre filmes enviadas cada vez mais rapidamente e para cada vez mais pessoas. Por isso, sua capacidade de gerar um sucesso de bilheteria ou um fracasso total está forçando os estúdios hollywoodianos a repensar suas estratégias de marketing. O risco é ainda maior […]


Publicado em 20 de julho de 2009 / Mídias Sociais

TwitterO público começa a soltar a voz no Twitter com curtas opiniões sobre filmes enviadas cada vez mais rapidamente e para cada vez mais pessoas.

Por isso, sua capacidade de gerar um sucesso de bilheteria ou um fracasso total está forçando os estúdios hollywoodianos a repensar suas estratégias de marketing.

O risco é ainda maior durante esta temporada de férias do meio do ano, quando são lançados filmes do porte de “Harry Potter e o Enigma do Príncipe”, que chegou aos cinemas na quarta-feira (15/07), direcionados especialmente a um público jovem e mais plugado.

Para quem está de olho nas bilheterias, o Twitter, serviço de microblog que permite que usuários postem suas opiniões na hora para que todo mundo as leia, é a nova arma de última-geração entre celulares e computadores usada por espectadores para lançar suas críticas sobre filmes, antes mesmo de saírem do cinema.

Uma propaganda boca-a-boca como essa entre fãs pode tanto estimular como acabar com as vendas nas bilheterias.

“Será que tudo ficou mais rápido? A resposta é sim”, disse o presidente de distribuição e marketing da Universal Pictures Adam Fogelson. “Dependendo do tamanho do público no dia de lançamento, a propaganda boca-a-boca tem efeito na hora”, afirmou.

Publicitários avaliam isso através da queda semanal nas bilheterias. Nos últimos anos, a queda entre uma semana e outra vem aumentando significantemente ao passo que a comunicação tem se tornado cada vez mais rápida graças à internet e, mais recentemente, aos serviços de rede social como o Twitter ou o Facebook.

Este ano, a temporada de julho, que é a mais lucrativa do mercado nos Estados Unidos, por serem as férias de verão, arrecadando até 40% do total anual nas bilheterias, as vendas de ingressos têm caído 51 por cento em média da primeira para a segunda semana desde a estreia de um filme. Os números só se comparam com os de 2007, segundo a Box Office Mojo.

“Se as pessoas já não gostam do filme na sexta, ele pode morrer até o sábado”, disse Paul Dergarabedian, presidente de outra empresa do tipo, a Hollywood.com Box Office.

Fonte: Info Abril

Mais informações sobre Marketing nas Mídias Sociais.
Solicite um orçamento!



0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Postagens relacionadas