Tendências do e-commerce em 2013

Quando o assunto é o desenvolvimento da plataforma e-commerce, podemos dizer que grandes e pequenas empresas se envolveram em testes por uma década. Mas agora, todos precisam levar isso a sério. Afinal, não tem muito para onde correr, as empresas que não testam não irão chegar perto de fornecer as melhores experiências on-line para o […]


Publicado em 26 de junho de 2013 / E-commerce / Comércio Eletrônico, News

Quando o assunto é o desenvolvimento da plataforma e-commerce, podemos dizer que grandes e pequenas empresas se envolveram em testes por uma década. Mas agora, todos precisam levar isso a sério. Afinal, não tem muito para onde correr, as empresas que não testam não irão chegar perto de fornecer as melhores experiências on-line para o seu público.

Tendências do e-commerce em 2013

Saber quais são os segmentos do e-commerce que mais têm potencial para crescer é essencial para traçar uma estratégia mais eficiente de vendas e direcionar a comunicação com os e-consumidores.

No ano passado, os eletrônicos, eletrodomésticos, produtos de beleza, moda e acessórios e calçados estavam na lista de mais vendidos. Este ano, o mercado já aponta uma tendência predominante, a mobilidade. A maioria dos compradores quer agora levar a loja virtual em seu bolso, seja através de um tablet ou de um dispositivo móvel. Com tantas ofertas a alguns cliques de distância, encorajar a lealdade do cliente, alimentando experiências de compra tem sido essencial para o e-commerce em 2013.

Veja abaixo algumas tendências para e-commerce deste ano

    Tratamento personalizado

    Algumas coisas ainda não mudaram no varejo. O segredo para o sucesso ainda é fazer o engajamento de clientes para que eles retornem e ainda recomendem a sua empresa para os amigos. Canais de mídias sociais tornaram possível para os varejistas não só entrar em contato pessoal com fãs, mas chegar até os amigos deles também. Em última análise, não é o número de fãs que faz a diferença, mas como eles se manifestam;

    Aumento do uso de vídeos

    Uma das razões da qual o vídeo não foi incorporado frequentemente em sites de comércio eletrônico no passado era que ele deixava o site lento, o que ainda é uma preocupação para muitos. No entanto, como velocidades de internet têm se tornado mais rápidas em todo o mundo, varejistas não ficarão mais restritos pelas taxas de banda larga e terão a liberdade de usar um conteúdo de mídia cada vez mais rico. Espera-se que comentários dos vídeos e o virtual un-boxing de produtos tornem-se mais frequentes nos sites de varejo em 2013;

    Maior integração móvel

    Se trata de um site otimizado para aparelhos móveis ou um aplicativo dedicado, a maioria dos varejistas está chegando a um consenso da necessidade de uma solução para smartphones ou tablets. No entanto, os dispositivos móveis podem oferecer muito mais do que isso e em 2013 esperamos ver mais integração na loja, através do uso de QR codes, bem como mudanças nas ferramentas de pagamento disponíveis;

    Novas formas de pagamento

    A escolha dos métodos de pagamento que os varejistas podem oferecer aos consumidores parece estar em constante evolução e muitas vezes pode ajudar ou prejudicar a decisão de compra. Com o crescimento das transações móveis e formas de pagamento à distância, pode-se mudar radicalmente o modo como as pessoas pagam pelos produtos. Serviços como o PayPal e o iTunes da Apple já começaram a centralizar pagamentos no celular. Esta liberdade para aceitar diferentes tipos de pagamentos será de valor inestimável para os comerciantes de todos os portes nos próximos anos.

    Fonte: blog BSI

    Mais informações sobre Desenvolvimento de Sites de E-commerce.
    Solicite um orçamento!



0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Postagens relacionadas